17 de dez de 2014

#QueridaVidaNova: Primeira impressão de vida


Estou no momento sentada em uma maravilhosa poltrona no meu novo lar pelos próximos meses, com uma xícara de café quente e pensando no que escrever pra vocês.

Ah, a viagem.

Saí de casa cedo. Cedo em todos os sentidos literais possíveis. Com 17 anos e ás 8 da manhã estava em um carro rumo à minha nova cidade. Assim que cheguei, fiquei olhando pela janela tentando me convencer de que essa é minha cidade agora, e eu devo aprender sobre ela.

Foi gostoso chegar no meu novo lar. Fui bem recebida, e mesmo que as coisas ainda estejam um pouco bagunçadas agora, e que o mundo esteja em um pouco de caos, é legal saber que não irei embora.

Apesar de toda a animação com a minha chegada, o caminho não foi tão fácil. Depois de uma (cof cof) maravilhosa noite de sono de 3 horas e meia, passei as 8 horas de viagem acordada pensando na frase “Eu fui embora”. Não acreditei, sabem? É comum pensar que dei as costas para os meus amigos, meus pais, minha história e meus amores. Mas ei, não pense isso! Minha vida foi maravilhosa, mas ela mal começou. Eu preciso vivê-la.

Para atualizar vocês, ainda não estou instalada do jeito que deve ser. Mal comecei a viver ainda, acalmem! Prometo contar tudo, nos mínimos detalhes, porque afinal, vocês estão comigo nessa, não estão?

Se essa minha história maluca de vida te interessou e queira saber mais, acompanhe-me no twitter em tempo real!

Nenhum comentário:

Postar um comentário