18 de jan de 2015

Resenha do filme: Garota Exemplar

Já assistiu Garota Exemplar? Bom, eu assisti e decidir falar para vocês o que eu achei do filme.


Sinopse:

Não recomendado para menores de 16 anos, pois contêm cenas de sexo, nudez e violência.


Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) desesperado. Ele acaba se tornando o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.

Aviso: Contem Spoilers

Bom, no geral, eu gostei do filme, mas só julgando sem ler o livro(que eu ainda vou ler). Como eu assisti dublado, e todo mundo sabe que a dublagem nem sempre é fiel ao que é falado, não tive como avaliar o roteiro. A escalação dos atores eu adorei, apesar de não gostar muito da cara da Rosamund Pike, eu amei ela no papel, ela conseguiu passar a imagem de boazinha do inicio, e logo depois a de louca psicótica do final, e o Ben Afleck(ai, como eu amo esse cara), apesar do fiasco em O Demolidor, deu a volta por cima em Pearl Harbor, e se tornou um dos meus favoritos, e continua depois de Garota Exemplar, achei que o papel ficou ótimo para ele(eu queria um marido daqueles).

A história, achei maravilhosa, ela é intrigante e você fica sem saber o que realmente acontece, até que o filme mostra toda a verdadeira história. Bom, eu não sei vocês, mas eu já desconfiava que ela havia armado tudo. O que eu mais amei, é que ela explica todo o plano, e eu fiquei sem palavras no quanto foi bem planejado, com quem ela fez amizade, o que ela deixou que soubessem, o diário, é tudo perfeito. David Fincher foi incrível, demonstrando todo o mistério, nos fazendo pensar quem seria o verdadeiro culpado da história.

Mas como nem tudo é flores, eu particularmente não gostei do final, achei interessante, o final retomar ao inicio. O inicio é quando ele esta acariciando a cabeça dela, e dizendo que as vezes tem vontade de abrir a cabeça dela, isso foi uma jogada do diretor para que pensássemos que ele queria definitivamente mata-la, porém ao longo do filme, percebemos que quando ele repete essa cena no final, era para entendermos que ele pensa isso, pois está preso a um casamento com uma louca psicótica.

Eu preferia que o diretor tivesse pensado em um final melhor, não um em que o Nick esteja preso a um casamento com ela, esse final fez parecer que a história foi tão boa, que o diretor não conseguiu pensar em um final bom. Mas ainda é aceitável e até inteligente, pois foi inesperado.

Nota em uma escala de 0 a 10: 8,5. Final não muito bom, porém o enredo vale a pena(principalmente pelo bumbum do Ben Afleck).

Nenhum comentário:

Postar um comentário